quinta-feira, fevereiro 23, 2006

Zapping

Ligo a TV para assitir programas aleatoriamente e caio por acaso num programa de entrevistas, que tinha dois entrevistados.

A prileira era a lindissima atriz alema que fez Helena de Troia, no filme Troia, que fala muito bem francesa e de fato é maravilhosa.

O segundo era o JORDI !!!!! Lembram dele ??? Um pirralho que cantava umas musicas chatas em 1994. O cara ta vivo...o que era de se esperar...e com cara de bobo...o que era de se esperar também. O cara tem 18 anos e ta louco pra recuperar o curto porem grande sucesso da epoca.

Mas o importante mesmo é que a helena de troia é pra casar. O resto é resto.

segunda-feira, fevereiro 20, 2006

Andando por Paris 2

Foi se o tempo que andar pelas ruas da cidade se resumia num slalom gigante de coco de cachorro.

Andando por Paris 1

Tem brasileiro pra caramba por aqui, turistas e moradores...

E em geral é muito facil de se reconhecer...mesmo porque grande parte deles usam uma camisa do tipo "Amo Brasil" ou coisas do genero.

Em Lyon tambem tem uma penca. Outro dia encontramos um casal, e ouvimos a seguinte frase: "Tu logo vê que é um troço medieval..."

sábado, fevereiro 18, 2006

Stones

Eu ainda irei ver os Rolling Stones ao vivo, é algo que tem que ser feito antes de morrer....seja eu ou eles (eles provavelmente morrerao antes). Até hoje nao me conformo de ter perdido o pocket show acustico que eles fizeram no Olympia de Paris a alguns anos atras, e que gerou um dos CDs deles que eu prefiro: o Stripped.

Mas devo dizer que estrutura montada pra este show me parece bastante absurda: 15000 homens da PM no estado todo, monitorando fronteiras com outros estados, 6000 homens no Rio, 2000 em Copacabana, transito fechado a partir das 15 horas. Com certeza, sera um otimo ensaio pro Pan de 2007.

Mas sera que se justifica um evento desses, tirando o fato dos hoteis da orla estarem cheios ? Alias, porque o Rio esta bancando isso ? Qual o evento ? Tenho a vaga impressao de que havia lido em algum lugar de que era o aniversario da cidade, mas nao sei se e verdade. Nao consegui confirmar isso em lugar algum.

O fato e que sabendo que o Rio e uma cidade com problemas serios de seguranca, e de favelas, e de pobreza, um evento deste tipo me parece desproporcionado. Se a ideia era fazer um grande evento de massa, talvez um festival de musica na cidade, com varias bandas de varios estilos tocando em varios locais fosse mais adequado.Por dois motivos:

Primeiro porque teria um apelo social maior....apesar dos Stones serem uma banda fenomenal, aposto que eles perdem pra muita banda de pagode e axe na preferencia de moradores de meios mais populares. Ou nem tao mais populares assim: a 3 anos atras, fui assistir Chuck Berry no rodeio de Jaguariuna. Na minha ingenuidade, achei que estaria lotado de gente querendo ver um dos precursores do Rock e da guitarra moderna, e autor de obras geniais como Jonny B. Good. Afinal, uma chance dessas pode ser unica. Mas estava praticamente vazio. No fundo, a maioria do pessoal por la preferia ver Daniel, Xitaozinho e Xororo ou Babado Novo.

Segundo porque a vida no Rio neste final de semana sera um inferno para quem nao gostar de rock, dos Stones, e de muvuca.

Isso dito, provavelmente o show sera absurdamente bom, fara um puta sucesso, e eu passarei mais um temp querendo ver os rolling stones ao vivo e com inveja dequem viu.

quinta-feira, fevereiro 16, 2006

A primeira impressao

Pela primeira vez na minha vida, presenciei uma situacao um tanto quanto desagradavel: ao sairmos do aviao em Paris, 4 policiais nos esperavam, antes mesmo da passagem pela fronteira e das malas. E meio que de forma arbitraria, pegaram alguns brasileiros e outros estrangeiros nao loiros nem de olhos azuis, fizeram algumas perguntas, e simplesmente mandaram esperar, colocando o passaporte no bolso ( o que me parece altamente agressivo). O pior e que varios nem iam ficar na franca, e estavam apenas fazendo correnpondencia pra outros paises.

Como tinha que esperar 3 horas pra pegar minha conexao, acabei encontrando algumas pessoas que foram paradas, que contaram que simplesmente revistaram bolsa, documentos, dinheiro, seguraram durante 40 minutos, e pronto......

Entendo que pra estas pessoas, voltar pra Paris em breve nao esteja nos planos.

Filosofia de porta de aviao

Quando se viaja sozinho de aviao (e de onibus tambem), existem duas maximas importantissimas:

1) Enquanto a porta do aviao estiver aberta, existe esperanca de ter alguem interessqnte do lado.

2) Antes so do que mal acompanhado.

Ultimamente, tenho tido pessimas experiencias, e teria preferido ficar sozinho. E isso aconteceu da ultima vez. Teoricamente, alguem deveria estar do meu lado, ja que pedi pra ficar na janela da primeira fileira, e a moca do checkin so me deu a primeira fileira dizendo que a janela nao estava livre. Fiquei, pois, esperando anciosamente quem sentaria do meu lado e verificando os filmes previstos a bordo, em caso de necessidade.

E nao e que ninguem apareceu ???? Tentei entender porque nao me deram a janela de cara. Provavelmente a pessoa em questao nao apareceu. So nao foi melhor porque atualmente nao e possivel levantar o braco entre as cadeiras, nao permitindo que eu deitasse nas duas.

PS: peco desculpas pela falta de acentos e afins...mas teclado frances e uma josta

sexta-feira, fevereiro 10, 2006

Aeroporto

Bagagens enviadas, lugar reservado, filmadora devidamente registrada na PF...

Muita gente acha estranho que eu goste tanto de chegar cedo no aeroporto. Hoje cheguei 3h30 antes. Vou explicar porque...

Primeiro motivo prático: evita filas no checkin, e são os primeiros passageiros que podem conseguir, como eu consegui desta vez, lugar na primeira fileira (que na classe economica, é o melhor que se pode ter). Além disso, são pros primeiros que são feitas propostas do tipo "O senhor nao quer pegar outro vôo e receber 300 euros ?", que fizeram da ultima vez e não sei por qual motivo não aceitei, ou então "O vôo esta cheio, o senhor vai de executiva", o que já me aconteceu duas vezes.

Mas o principal motivo é que eu gosto de aeroporto. Quem me conhece sabe. Tenho uma fascínio por aviões desde pequeno. Minha mãe diria que é porque eu entrei numa pista pela primeira vez na barriga dela. Ainda vou tirar o brevet...

E além de gostar de aviões, adoro o ambiente do aeroporto. Pra mim já é o inicio da viagem. E como nesse caso estou viajando de férias, então estar no aeroporto já é o inicio das férias. Mudar de ares é bom....

Não sei se poderei escrever aqui nos próximos dias. Tentarei, porque computeiro que se preza não fica mais de 3 dias longe de internet. Mas também não farei um esforço muito grande pra escrever. Caso não consiga, volto em 3 semanas.

[]s

PS: pequeno comentário...aqui perto de guarulhos tem 3 presídios....sempre que passo na frente, tenho uma sensação estranha....o aeroporto tão perto..liberdade de viajar pra alguns...e pra outros....anos de reclusão. Estranho

quarta-feira, fevereiro 08, 2006

Ingles half-mouth

Porque uma imagem vale mais do que mil palavras....


Mood

Essa tira do Dilbert resume bem como venho me sentindo nos últimos dias.
Acho que preciso de férias.

terça-feira, fevereiro 07, 2006

Falta de ócio

Não, eu não desisti do meu blog.....

Sim..pretendo escrever coisas nele ainda. Só que nessa semana ainda não tive o privilégio do ócio criativo.
Aliás, esta semana não terei o privilégio do ócio criativo.

Pra você não perder a viagem, na falta de coisa melhor pra fazer, visite http://www.yetisports.org/ e divirta-se com os joguinhos.

sexta-feira, fevereiro 03, 2006

Joke

At the immigration desk, somewhere in Europe:

- Name?
- Abu Dalah Sarafi.
- Sex?
- Four times a week.
- No, no, no... male or female?
- Male, female... sometimes, camel.

quinta-feira, fevereiro 02, 2006

Sistema Anti Humano


Esse post talves fosse mais apropriado no meu outro blog sobre tecnologia. Mas na verdade é um comentário mais de usuário do que de profissional de tecnologia, portanto vai aqui.

O UOL tem um sistema ANTI-SPAM, que obriga o usuário a digitar algumas letras desenhadas numa imagem, para provar que o email não está sendo enviado por algum programa chato.

O problema é que muitas vezes esse sistema é Anti-SPAM e anti gente normal. A alguns dias atrás tive que digitar umas 5 vezes o código, porquê algumas letras eram ilegíveis, ou facilmente confundíveis (existe essa palavra ??? Not sure) com outras. Hoje fui mandar um comentário para um blog, e tive que adivinhar alguns dos símbolos do código (o exemplo de cima até que está simples).

Fico imaginando alguém que não tenha muita intimidade com computação , ou que seja meio cega.

Será que os programas de SPAM estão tão sofisticados que conseguem analisar imagens e por isso as mensagens andam tão criptográficas ????

Exportando lixo

Quando a gente acha que certas coisas chegaram ao fundo do poço, é triste perceber que em geral existe um alçapão que permite cair mmuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito mais.

Cito nota da Folha Online (leia anotícia original): "Quero ver o popozão!", empolga-se Kevin Federline, 27, no primeiro single do álbum que irá lançar em breve. ......O marido de Britney Spears conheceu o funk carioca por meio de um amigo produtor, que namora uma brasileira de São Paulo. Resolveu incrementar seu disco de inspiração hip hop com as batidas criadas nos morros do Rio.

O funk carioca moderno já um lixo gigantesco. Imaginem então um funk carioca à la americana (com direito a sotaque e tudo...)

A letra faz menção ao Brasil e ao Rio, mas o destaque mesmo é a conotação sexual característica dos funks cariocas. "Gatinha, sai do chão/ Vai descendo o popozão", canta ele com forte sotaque. Na letra há ainda versos como "Bring that Brazil bootie on the floor" ("Desça este traseiro brasileiro até o chão").


Estou preocupado: será que ele teve que gastar muito o cérebro pra criar esses versos ?

Nessas horas, sinto uma profunda tristeza pela humanidade.

Mas voltemos ao trabalho, com Beatles no fone de ouvido para lembrar que nem tudo está perdido.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?