domingo, março 05, 2006

Vôo diurno

Há quem diga que vôos diurnos transcontinentais são muito ruins, porque 12 horas de viagem fazem como que seu dia seja perdido. Eu não concordo, e apesar de não achar que o assunto seja absolutamente essencial para a vida, vou justificar minha opinião com dois argumentos.

Se você é daqueles que consegue dormir de pé num ônibus de cidade em horário de rush, então o primeiro argumento é furado. Mas se você, como eu, só dorme decentemente em classe executiva e male male tem dinheiro pra pagar uma classe econômica, então o vôo noturno pode ser longo e muito cansativo: após algumas horas de viagem, se entra num estado zumbi onde não é possível fazer nada de útil (como ler, ver filmes, conversar, etc...), mas também não se consegue dormir. Resultado: o dia seguinte à viagem vira inútil !!!!!

O segundo argumento é que em 12 horas de viagem durante o dia, dá tempo pra se fazer muita coisa de útil. Se você tem trabalho pra fazer, pode ser um momento ideal, afinal não tem escapatória....se tiver um laptop, melhor ainda. Caso não tenha nenhum trabalho pra fazer, pode ser um ótimo momento pra ler bons livros, ver todos os filmes que passam no avião (hoje em dia, temos no mínimo 4 escolhas de filmes, em geral bastante recentes) e conhecer pessoas novas e interessantes. Sim, porque num vôo diurno, poucos são aqueles que dormem a viagem toda, e como ninguém consegue ficar 12 horas sentado (nem é recomendado), os espaços entre as diferentes cabines viram ponto de encontro das pessoas (sobretudo no local onde tem comes e bebes na faixa self service). E nessas horas podem surgir papos bem legais...

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?